terça-feira, 20 de novembro de 2007

A Organização da Casa

Sempre que pensamos em organização, pensamos que é um dom nato de certas pessoas. Porém, organização pode ser o resultado de disciplina e treinamento. A organização da casa pode se tornar uma tarefa mais fácil e que pode ser feita com prazer. Isso, vindo de mim, parece fácil. Porém, não nasci com este dom, mas ao formar uma família notei a importância de desenvolver a organização. Ter uma casa organizada pode nos economizar tempo, facilitar a vida em família, evitar conflitos entre os membros da casa, direcionar a rotina diária, aliviar e descansar ao visualizarmos cada tarefa feita no seu tempo.

Além disso, a organização é condizente com a Palavra de Deus (Tt 2.3-5). No verso 5, o apóstolo Paulo põe em relevância a prudência, a pureza e o sermos boas donas de casa. Hoje em dia a sociedade vê o trabalho doméstico como algo sem valor e até depreciativo. Precisamos nos apegar à Palavra de Deus para aprender a valorizar o serviço doméstico e, por meio dele, demonstrar amor ao marido e aos filhos. Amando desta forma, podemos demonstrar à sociedade atual o valor da família, da fé e do serviço a Cristo. Com mais tempo podemos nos dedicar a outras tarefas importantes, como o desenvolvimento dos nossos dons e talentos no Corpo de Cristo.

Diante disso, seguem algumas sugestões, que se levadas a cabo, poderão facilitar a tarefa de organização da casa:

01. Não faça da organização da casa um campo de batalha. Escreva todas as atividades e responsabilidades domésticas e compartilhe com sua família para que todos participem na divisão das tarefas. Faça-os entender com amor que você não pode fazer tudo sozinha.

02. Reparta os serviços domésticos, elaborando um quadro de tarefas: o tempo para cada tarefa, o dia, o horário de início e término das tarefas. Isso deve ser feito com amor e paciência, não exigindo que tudo saia perfeito porque, afinal, eles estão aprendendo.

03. Elabore uma lista para tarefas que não são feitas todos os dias, como faxina da cozinha, limpeza de áreas externas, faxina dos banheiros, etc. Divida a faxina de cada segmento e o cuidado com as roupas em dias alternados, mesmo que você tenha ajudante.

04. Organize os armários conforme o uso de maneira que cada coisa possa ser facilmente encontrada.

05. Utilize diversos tipos de caixas e arquivos que se encontra no mercado para organizar pequenas coisas.

06. Faça um orçamento doméstico, junto com a sua família, constando de: receita, despesas fixas e despesas eventuais.

07. Organize um tempo diário para leitura pessoal da Bíblia e combine com a família os dias e horários para o culto doméstico.

Não se esqueça de colocar todas estas coisas nas mãos de Deus e, assim, ter tranqüilidade e possibilidade de desenvolver outras atividades e ministérios.

Rosa Maria de Oliveira del Pino

2 comentários:

Ana disse...

Não acredito que existam mulheres que ainda pensam assim! Vc trabalha fora de casa? Senão, acha realmente justo jogar no lixo a batalah vencida duramente contra a opressão da sociedade? Se trabalha, acha certo escravizar-nos mais? Sei que disse do compartilhamento das tarefas, mas de uma maneira, que parece que até isso é nossa tarefa. DISCORDO. Idéia ultrapassada

Anônimo disse...

Achei muito criativa a forma de dividir as tarefas de casa, após ler já reuni a família e democraticamente dividimos todas as tarefas e formalizamos através de um quadro informativo. A sugestão foi ótima.